Skip to content

MOFO EM RECINTOS FECHADOS
Após a grave enchente de 2015 na Carolina do Sul

Print this page (pdf)

Muitos residentes estão preocupados com mofo em recintos fechados como um resultado das recentes chuvas e inundações que abalaram muito da Carolina do Sul. O Departamento de Saúde e Controle Ambiental (DHEC) entende estas preocupações e está comprometido em ajudar aqueles que têm sido afetados pelo desastre das inundações de 2015. O DHEC compilou as seguintes informações para guiá-lo enquanto você toma decisões sobre mofo na sua casa e trabalho.

Presença de mofo após uma enchente:

  • Após uma enchente, o excesso de umidade e água empoçada contribuem para o desenvolvimento de mofo em casas e outros prédios.
  • Limpar e secar itens molhados em 24 a 48 horas são medidas preventivas para evitar o desenvolvimento de mofo.  Certifique-se de entrar em sua casa apenas se estiver segura.

Sinais de mofo:

  • O mofo pode ser reconhecido visualmente ou pelo cheiro, ou pode estar totalmente oculto (dentro das paredes ou sob o piso)
    • Visualmente (em geral, o desenvolvimento de mofo pode ficar visível nas paredes e tetos, com aparência de vários pontos, ou pode ter diversas cores)
    • Cheiro (poderá sentir um cheiro forte e desagradável de bolor ou terra)

Pessoas propensas a ter sérios problemas de saúde com o mofo:

  • Se for alérgico a mofo, se tiver asma, outras alergias ou outros problemas respiratórios, ficar perto do mofo poderá agravar seu problema de saúde. 
  • Se tiver algum problema crônico de pulmão ou um sistema de imunológico fraco (por exemplo, pessoas portadoras de HIV, pacientes com câncer sob quimioterapia ou pessoas que receberam um órgão transplantado), você ficará mais exposto a infecções dos pulmões por mofo. 

Possíveis efeitos à saúde por exposição ao mofo:

  • Pessoas sensíveis ao mofo poderão sofrer congestão nasal, irritação nos olhos, respiração ofegante ou irritação na pele.
  • Pessoas alérgicas ao mofo podem ter dificuldades em respirar ou falta de ar.
  • Pessoas com sistemas imunológicos fracos ou doenças crônicas no pulmão podem desenvolver infecções nos pulmões devido ao mofo.
  • Se você ou alguém de sua família tiver problemas de saúde após exposição ao mofo e se achar que o mofo está afetando sua saúde, entre em contato com o seu médico ou outro serviço de assistência médica.

Limpar itens úmidos ou mofados após uma enchente:

  • Quando a sua casa está segura para entrar depois de uma inundação, seca a sua casa o mais rápido possível para minimizar problemas com mofo e talvez até mesmo previne o desenvolvimento de mofo como um todo.
  • Visite os sites dos Centros para Controle & Prevenção de Doenças sobre Mofo Depois de um Desastre e Inundações.
  • Visite o site da Agência de Proteção Ambiental dos EUA sobre Mofo ou baixe o livreto da EPA sobre Qualidade do Ar em Recintos Fechados depois de uma Inundação.
  • Encontre organizações voluntárias em sua área que podem fornecer serviços de remediação contra mofo para vítimas de inundação entrando em contato com a United Way em 2-1-1 ou http://www.sc211.org.
  • Se você tem experiência em remediação contra mofo e está interessado em oferecer os seus serviços voluntários, por favor visite o site voluntário da Divisão de Gerenciamento de Emergência SC ou ligue para 1-888-585-9643.
  • Consulte uma empresa de Remediação contra Mofo Profissional (confira as Páginas Amarelas sob a Restauração de Dano da Água ou Mofo). Verifique uma licença de contratante geral da empresa visitando site do Departamento de Trabalho, Licenciamento e Regulamento da Carolina do Sul.
    ____________________________________________________

O DHEC está fornecendo  estas recomendações como um serviço para cidadãos da Carolina do Sul que foram afetados pelo desastre de inundação de 2015. Como não há leis estaduais ou federais, regulamentos ou normas para mofo ou qualidade de ar em recintos fechados, o DHEC não pode testar, monitorar ou inspecionar mofo ou qualidade de ar em recintos fechados nos lares ou edifícios públicos.